Regina Duarte já cogita blindagem nas redes sociais para evitar ataques

0
4

Regina Duarte nem bem assumiu a Secretaria da Cultura do governo de Jair Bolsonaro e já entendeu como funciona a máquina de assassinar reputações dos setores ideológicos da administração federal. A atriz utilizou sua página no Instagram para dizer que cogita se blindar nas redes sociais para evitar ataques de pessoas descontentes com sua decisão de assumir um cargo na administração federal.

O texto postado acompanhava uma foto do encontro que ela teve na segunda 20 com o presidente e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. “Deixa eu curtir um pouquinho mais a alegria de sentir que posso ser respeitada no meu amor pelo Brasil e pelo povo brasileiro? Daqui a pouco sei que posso vir a ter que me blindar das redes sociais onde, talvez, quem sabe, podem me atacar mais ainda em função do cargo”, afirmou.

Bolsonaristas mais radicais vêm publicando há dias uma foto antiga em que Regina Duarte aparece ao lado do ditador cubano Fidel Castro para tentar desmoralizar sua escolha para a Secretaria da Cultura, conforme revelou a coluna Radar. A entrada da atriz da Rede Globo na administração federal desagradou a ala ideológica que é ligada ao polemista Olavo de Carvalho.

A artista irá para Brasília nesta quarta-feira, 22, para conhecer a estrutura da secretaria. Ela reafirmou no Instagram que está passando por um período de “noivado” com o governo. “As relações precisam passar pelo noivado para corrermos menos riscos de dar com os burros na água”, disse.

“Estou de corpo e alma com esse governo, vocês já sabem. Apaixonada como sempre pelo meu país, louca para contribuir com a produção da alegria e felicidade geral. Me entrego ao que Deus e o destino reservam para mim, muito grata pela confiança de todos. Vou, como sempre tenho feito, dar o meu melhor pela causa da nossa Cultura”, declarou.


Se aceitar o cargo, Regina Duarte será a quarta secretária da Cultura do governo Bolsonaro. Ela substituirá Roberto Alvim, que foi demitido após divulgar um vídeo em que copiava um discurso do nazista Joseph Goebbels, ministro da propaganda do ditador Adolf Hitler, para anunciar a criação do Prêmio Nacional das Artes. Ele ficou pouco mais de dois meses no cargo.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here