Prefeitura de Ji-Paraná encaminhará proposta de reforma administrativa nos próximos dias

0
18

O novo secretário de Governo da prefeitura de Ji-Paraná, nomeado pelo prefeito Isaú Fonseca (MDB), Oribe Júnior, declarou nesta segunda-feira (15) que a nova administração espera ter um bom relacionamento com o Poder Legislativo (Câmara de Vereadores) para a esperada Reforma Administrativa, que deve ser encaminhada à casa de leis até a próxima semana.

Oribe Júnior, também comentou sobre a viagem do chefe do Poder Executivo ao Estado de São Paulo na última semana.

 

 

 


 

 

 

 

O novo secretário de Governo da prefeitura de Ji-Paraná, nomeado pelo prefeito Isaú Fonseca (MDB), Oribe Júnior declarou nesta segunda-feira (15) que a nova administração espera ter um bom relacionamento com o Poder Legislativo (Câmara de Vereadores) na esperada Reforma Administrativa, que deve ser encaminhada à casa de leis até a próxima semana. Oribe Júnior, também comentou sobre a viagem do chefe do Poder Executivo ao Estado de São Paulo na última semana.

 O secretário esclareceu que a Secretaria Municipal de Governo (Semg), exerce uma responsabilidade bastante alta para o Executivo, trabalhando na ligação entre a prefeitura e a sociedade civil organizada e o Poder Legislativo (Câmara de Vereadores). “A Semg é uma espécie de Casa Civil do Governo que tem a responsabilidade de cuidar do relacionamento do Executivo com as demais entidades citadas. Como qualquer outra pasta, esta secretaria atende a todos sem nenhuma distinção”, afirmou.

Reforma administrativa

De acordo com Oribe Júnior, o prefeito Isaú Fonseca, praticamente já concluiu a Reforma Administrativa com as mudanças que ele e sua equipe pensam ser necessárias. Uma das mudanças, já conhecida pelo público, é a extinção da Secretaria de Regularização Fundiária, que passará a ser apenas um departamento do gabinete do próprio prefeito. “O objetivo da administração é ‘enxugar’ a máquina o máximo possível. Acredito que até o início do ano legislativo, previsto para a terça-feira, 23, esse projeto já esteja pronto para ser analisado pelos vereadores” garantiu Oribe.

Ausência

Sobre a viagem do prefeito ao Estado de São Paulo, o titular da Semg garantiu que tudo foi dentro da sua normalidade. Ele lembrou que é facultativo ao chefe do Poder Executivo, ficar até 15 dias fora do Estado, sem precisar comunicar ao Poder Legislativo. Ele lembrou que Isaú Fonseca foi até São Paulo onde conseguiu o ‘encaixe’ de uma consulta para a realização de alguns exames necessários. O retorno do prefeito, ficou programado para o decorrer desta semana.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here