A dona de casa Maria Aparecida Alves, 37 anos, moradora do bairro Eldorado no município de Cerejeiras encontrou uma carteira contendo todos documentos pessoais, cartões bancários e a quantia de R$ 1.1172,00 (mil, cento e setenta e dois reais) em espécie.

Segunda relato de Maria Aparecida, a careteira foi encontrada na tarde da última segunda-feira (13), na avenida Integração Nacional, próxima a panificadora Vilma, área central do município. “Encontrei a carteira e levei para casa, ao verificar detalhadamente meu marido e eu, encontramos um número de contato e tentamos falar com o proprietário, sem sucesso, adicionei o contato dele no aplicativo WhatsApp e enviei uma foto da habilitação dele, no outro dia ele me retornou e passei o endereço de minha residência, ele veio e buscou tudo, carteira, documentos e o dinheiro.” Disse Maria.

Perguntada se em algum momento pensou em ficar com o dinheiro, Maria Aparecida respondeu: “Jamais passou pela minha cabeça ou do meu esposo ficar com um real daquela carteira, somos pessoas simples, eu não trabalho, tenho 2 filhos pequenos de 4 e 6 anos, meu esposo é ajudante de pedreiro, faz diárias, somos evangélicos e temos os ensinamentos de Cristo, me coloquei no lugar daquele homem, fiz com ele o que gostaria que fizessem comigo’, esclareceu.
 

RECOMPENSA — Em contato com o proprietário da carteira Renan Corrêa Ferraz, 42 anos, pecuarista, o mesmo relatou. “Fiquei muito surpreso ao chegar na casa daquela família simples e humilde para buscar meus documentos, fiquei feliz ao saber que o dinheiro, que não sei dizer o valor exato, mas era aproximadamente em torno de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) estavam junto com os documentos, na hora peguei R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais) e tentei dar como recompensa para a dona Maria que não quis aceitar, então peguei o endereço do trabalho do marido dela e fui até ele para lhe agradecer. Eu tinha que fazer algo por aquela família, então fui até uma loja de materiais de construção e comprei 4 metros de areia e 24 sacos de cimento de 25 kg e mandei entregar para eles terminarem a casa deles e fazer o reboco e depois disso irei doar as tintas para eles pintarem a casa deles. Isso é o mínimo que possa fazer, afinal sou cristão”, relatou Renan, emocionado.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here