Com a pandemia do novo coronavírus, o futebol também teve que ficar de “quarentena”. Nos últimos meses, os amantes do esporte tiveram que se contentar e matar a saudade de assistir a bola rolando apenas com clássicos que já passaram na TV, em outros momentos da história.

Porém, a Europa já está retomando alguns campeonatos. Esse retorno acontece gradualmente e com novas regras, inclusive com portões fechados ao público, devido à Covid-19.

O ex-técnico do Vilhena Esporte Clube (VEC), Wanderley Cesaretti, que já passou por clubes no Japão e China, faz um comparativo da realidade sanitária entre os países asiáticos e o Brasil.

Com o retorno paulatino do futebol, Cesaretti destacou à rádioCBN Porto Velho nesta quarta-feira (17) que não existe uma necessidade essencial para a retomada do futebol nacional ou campeonatos estaduais.

“Acho desnecessária a pressa de um retorno tão subitamente, pois não tem nada controlado, e não está longe de alguém pegar essa doença. É muito sério essa doença. Acredito que os clubes deveriam ter uma pouco mais de paciência, mais cautela e preocupação em cuidar-se, para tenhamos, de fato, ter uma forma de enfrentarmos esse vírus. Da forma que está, acho prematura essa decisão”, disse em entrevista à CBN.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here