DRAMÁTICO – Palmeiras é campeão nos pênaltis depois de empate a dez segundos do final

0
17
FELIPE MELO ERGUE A TAÇA DE CAMPEÃO PAULISTA DE 2020 PARA O PALMEIRAS --- IMAGEM: THIAGO BERNARDES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

De maneira dramática, o Palmeiras conquistou a edição de 2020 do Campeonato Paulista na tarde deste sábado (8). O time dirigido por Vanderlei Luxemburgo venceu a a decisão contra o arquirrival ao ganhar nos pênaltis por 4 a 3 depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal.

Faltando dez segundos para acabar a partida Jô, centroavante do Corinthians,  sofreu pênalti dentro da área, fez a cobrança, marcou o gol e levou o jogo para a decisão por pênaltis, para frustração da torcida alviverde que já se sentia com a mão na taça.

Para completar o drama o título só veio na última cobrança, nos pés de Patrick de Paula, de apenas 20 anos. Ele chutou alto, com violência, no canto esquerdo de Cássio que não teve a menor chance de defesa. Agora, o time esmeraldino tem 23 títulos paulistas e se isola como segundo maior vencedor estadual; o Corinthians lidera o ranking com 30 taças.

O alviverde, aliás, não vencia o Corinthians desde setembro de 2018 e impediu que ele igualasse o feito do Clube Athletico Paulistano, a única equipe que levantou a taça quatro vezes seguidas do campeonato paulista, há mais de 100 anos, nos anos de 1916, 1917, 1918 e 1919.

LUXEMBURGO COMANDOU O PALMEIRAS NAS ÚLTIMAS CINCO CONQUISTAS DE PAULISTÕES — Foto: Marcos Ribolli

VITORIOSO — Com mais este título, Vanderlei Luxemburgo fez história ao se tornar o campeão do torneio pela nona vez, ultrapassando Lula e se tornando o maior vencedor do Campeonato Paulista em toda a história de mais de 100 anos da competição. Segundo treinador com mais vitórias na história do Palmeiras, Luxemburgo foi o comandante dos últimos cinco títulos do Verdão no Campeonato Paulista, relação que se completou com esta conquista de hoje.


A conquista, da forma que foi, pode servir como “troco” ao Paulistão-18, quando o Corinthians foi campeão dentro da nova casa palmeirense, também nos pênaltis.

Os rivais paulistas agora focam na disputa do Campeonato Brasileiro. O Corinthians estreia com visita ao Atlético-MG, nesta quarta-feira (12), às 19h15. No mesmo dia, só que às 21h30, o Palmeiras inicia sua jornada no campeonato contra o Fluminense, no Rio.

O JOGO — Palmeiras e Corinthians fizeram um primeiro tempo equilibrado e praticamente dividiram a posse de bola. No entanto, com os dois times jogando sem correr grandes riscos, os goleiros Weverton e Cássio não tiveram muito trabalho até o final a etapa inicial.

Com Bruno Henrique e Rony nos lugares de Gabriel Menino e Ramires, o Palmeiras conseguiu abrir o marcador no Allianz Parque logo aos 3 minutos do segundo tempo. Matias Viña cruzou da esquerda e Luiz Adriano subiu para cabecear no canto direito de Cássio.

Em desvantagem no marcador, o Corinthians teve dificuldades para articular boas oportunidades de empate. Na metade do segundo tempo, o time visitante pediu pênalti em lance envolvendo Marcos Rocha e Jô, mas o árbitro Luiz Flavio de Oliveira mandou seguir.

O Corinthians ficou em situação ainda mais complicada quando Tiago Nunes precisou tirar o lesionado Fagner para a entrada de Michel Macedo. Nos acréscimos, Gustavo Gomez cometeu pênalti sobre Jô, que converteu e levou a partida para a cobrança de penâltis.

PATRICK DECIDIU – O herói da conquista palmeirense tem nome: Patrick de Paula. Melhor da equipe de Luxa em Itaquera, coube ao volante de 20 anos decidir o Paulistão. Ele foi o responsável por bater a última penalidade e converteu com maestria. Bateu forte, no alto e não deu chances ao gigante Cássio. 

Pelo lado palmeirense, também cobraram penalidades Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Lucas Lima. Bruno Henrique errou. Já o Timão viu Michel e Cantillo desperdiçarem e Danilo Avelar, Sidcley e Jô acertarem. Resultado: 4 x 3 para o Palmeiras, que levantou a taça da edição de 2020 do Campeonato Paulista.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here